Voltar
NO INTERIOR DE SP, MAIS DE 6 MIL CASAS SERÃO CONSTRUÍDAS
19 Visualizações
A Secretaria de Estado da Habitação promoveu em 22 de março de 2021, reunião com prefeitos e representantes municipais para tratar da construção de 73 novos empreendimentos em 72 cidades paulistas. 

Ao todo são 6.600 moradias do Programa Nossa Casa-CDHU que serão edificadas em um novo formato. O encontro ocorreu de forma virtual, com a participação do secretário de Estado da Habitação, Flavio Amary, do presidente da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), Reinaldo Iapequino, e de diretores da Companhia.
 
O secretário Flavio Amary explicou aos prefeitos que a mudança no formato vai conferir mais agilidade nas obras. A previsão anterior era de que a Caixa Econômica Federal seria responsável pela construção e pelo financiamento das casas. 

DUAS ESTAPAS

Para que a produção dos empreendimentos seja feita de forma mais rápida, a CDHU assumirá a construção que será executada em duas etapas. Na primeira fase, será realizada a urbanização dos lotes com pavimentação e implantação de água e esgoto e outros itens. Na sequência será feita a edificação das unidades habitacionais. 

“Mudamos o modelo de atendimento habitacional. Inovamos o processo com o objetivo de acelerar a implantação dos novos imóveis. A grande novidade é que primeiro urbanizaremos as glebas apresentadas pelos municípios para, na sequência, promover a edificação das casas. Foi um árduo trabalho onde buscamos alternativas para conseguir viabilizar essas novas moradias e estamos muito confiantes de que o projeto terá êxito. Para isso contamos com a retaguarda do governador João Doria e do vice-governador Rodrigo Garcia que mobilizaram recursos para a implantação do programa”, disse o secretário. 

O presidente da CDHU também falou do novo quadro e da nova forma de atuação da Companhia. “Este novo formato vai ser mais rápido para implantação dos projetos. É uma novidade, que terá um prazo curto para execução das obras. A expectativa é que no máximo em seis meses devemos estar com os lotes implantados. É uma experiência que antecipa investimentos nesse momento tão complicado, por isso buscamos uma estratégia de atuação mais ágil, inclusive as moradias já foram sorteadas. Agora é só dar andamento no trabalho para garantir as obras”. 

DOIS DORMITÓRIOS

As casas terão dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro e lavanderia. O projeto dos imóveis incorpora as melhorias estabelecidas como diretrizes de qualidade pela Companhia, como pisos cerâmicos com rodapé e laje de concreto em todos os cômodos, azulejos nas paredes hidráulicas, estrutura metálica nos telhados e sistema gerador de energia fotovoltaica. 

Os sorteios para a seleção das famílias já foram realizados e serão mantidos para esta nova modalidade. O financiamento dos imóveis seguirá os critérios da CDHU e as novas diretrizes da Política Habitacional do Estado, que preveem juros zero para famílias com renda mensal de até cinco salários mínimos. 

Assim, as famílias pagarão praticamente o mesmo valor ao longo dos trinta anos de contrato, que sofrerá apenas a correção monetária calculada pelo IPCA, o índice oficial do IBGE. 

CIDADES DE SP

Eis a lista das cidades paulistas onde as 6.600 moradias serão construídas: 
Agudos F (103 uhs) 
Alfredo Marcondes E (9 uhs) 
Anhumas F (48 uhs) 
Areiópolis E (73 uhs) 
Auriflama F (170 uhs) 
Auriflama G (130 uhs) 
Bady Bassit B (115 uhs) 
Bálsamo B (20 uhs) 
Barra do Chapéu B (48 uhs) 
Boracéia G (30 uhs) 
Borborema E (24 uhs) 
Borebi D (58 uhs) 
Caconde F (33 uhs) 
Cajati D (65 uhs) 
Campos Novos Paulista C (43 uhs) 
Canitar C (121 uhs) 
Casa Branca K (189 uhs) 
Castilho E (128 uhs) 
Charqueada C (40 uhs) 
Corumbataí D (46 uhs) 
Cosmorama F (54 uhs) 
Cristais Paulista D (149 uhs) 
Cruzália B (130 uhs) 
Divinolândia C (80 uhs) 
Dourado B (73 uhs) 
Estrela D’Oeste I2 (53 uhs) 
General Salgado E (70 uhs) 
Guaíra J (232 uhs) 
Guará F (174 uhs) 
Guaraci B (225 uhs) 
Guarantã E (152 uhs) 
Guaratinguetá G (36 uhs) 
Herculândia D (52 uhs) 
Iaras C (161 uhs) 
Icém E (140 uhs) 
Indiaporã I (10 uhs) 
Itapetininga L (77 uhs) 
Itapira Q (41 uhs) 
Itapuí C (69 uhs) 
Itatinga H (127 uhs) 
Jaborandi G (71 uhs) 
Joanópolis D (135 uhs) 
José Bonifácio E (18 uhs) 
Juquiá E (35 uhs) 
Lucélia G (60 uhs) 
Maracaí F (89 uhs) 
Mirandópolis D (256 uhs) 
Nova Europa E (67 uhs) 
Nova Independência H (30 uhs) 
Pacaembu F (29 uhs) 
Pauliceia D (132 uhs) 
Pedranópolis F (48 uhs) 
Pilar do Sul D (68 uhs) 
Piracaia C (79 uhs) 
Planalto E (83 uhs) 
Pongaí F (30 uhs) 
Pontal D (205 uhs) 
Porto Feliz E (197 uhs) 
Pratânia E (17 uhs) 
Presidente Venceslau G (65 uhs) 
Queiroz D (52 uhs) 
Registro E (260 uhs) 
Riversul E (216 uhs) 
Rosana F (100 uhs) 
Rubineia D (60 uhs) 
Sagres E (50 uhs) 
Sales F (20 uhs) 
Sandovalina D (109 uhs) 
Santa Fé do Sul H (52 uhs) 
Santa Rosa de Viterbo G (203 uhs) 
Turmalina E (26 uhs) 
União Paulista C (57 uhs) 
Valparaíso F (80 uhs) 

Fonte da notícia: Assessoria de Imprensa da Secretaria da Habitação/CDHU
19 Visualizações
Ao navegar nesse site você aceita o armazenamento temporário dos dados de navegação para melhorar sua experiência. Saiba mais
Ok, Entendi!