Voltar
EXPECTATIVA POSITIVA NA ÁREA DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO
29 Visualizações
A Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat) divulgou nesta terça-feira (9 de março de 2021), a nova edição do “Termômetro da Indústria de Materiais de Construção”. 

A pesquisa de opinião realizada com as lideranças do setor indica que as empresas associadas esperam resultados positivos em fevereiro de 2021. Para 23% dos associados da Abramat o mês apresentará resultados muito bons e 41% apontam o período como bom. 

A expectativa para março de 2021 segue positiva, com 14% das empresas associadas estimando resultado muito bom, 59% bom e 27% regular. 

A pesquisa também apresenta os dados consolidados de janeiro de 2021, indicando que o mês seguiu as boas expectativas do setor. Para 27% o primeiro mês do ano trouxe resultados muito bons. Para 41% bom e para 32% regular. Não houve apontamento de um mês ruim entre os associados. 

CAPACIDADE INSTALADA E MODERNIZAÇÃO

O “Termômetro” da Abramat também traz informações acerca do nível de utilização da capacidade instalada da indústria de materiais. Em fevereiro, a utilização da capacidade industrial subiu para 81%, na média das empresas associadas, 11 pontos percentuais a mais do que em fevereiro de 2020. 

As pretensões de investimento em fevereiro de 2021 também seguem mais elevadas, com 77% das indústrias de materiais indicando que devem investir nos próximos 12 meses. Em fevereiro do ano passado este indicador era de 71%. 

O destino desse investimento será a modernização dos meios de produção para 50%, enquanto 27% devem destinar seus recursos para a expansão da capacidade produtiva. 

“As pesquisas conduzidas pela Abramat demonstram a manutenção do aquecimento observado no final de 2020”, diz Rodrigo Navarro, presidente da Abramat. “O panorama geral ainda é muito incerto e precisamos ter cautela a respeito do impacto das externalidades na economia doméstica, mas a atual edição do ‘Termômetro’ da Abramat indica um início de 2021 positivo para o setor”. 

Navarro destaca que a indústria de materiais de construção vive um momento importante de modernização e de busca ainda maior por produtividade, que pode ser potencializado pelo seu atual crescimento. 

ACOMPANHANDO A EVOLUÇÃO DO SETOR

Desde sua fundação, em abril de 2004, a Abramat acompanha e contribui para o crescimento da construção civil no País, atuando como interlocutora do setor junto ao Governo e demais agentes da cadeia produtiva. 

A entidade conta atualmente com aproximadamente 400 unidades fabris de 50 empresas associadas, situadas em todas as regiões do Brasil, que são líderes na produção de materiais de construção em diversos segmentos do setor. 

Entre os pilares de atuação da entidade estão a conformidade técnica e fiscal na produção e comercialização dos materiais, a competitividade e sustentabilidade da indústria, e a capacitação da mão-de-obra da construção. 

Para a elaboração de seus relatórios são utilizados dados oficiais disponíveis, pesquisas com associados, análise interna da equipe e metodologia FGV (da Fundação Getulio Vargas) desenvolvida com exclusividade para a Abramat. 

29 Visualizações
Ao navegar nesse site você aceita o armazenamento temporário dos dados de navegação para melhorar sua experiência. Saiba mais
Ok, Entendi!